Companhia......

Eu quero essa companhia, especial e rara, cheia de encantos.
Essa presença iluminada, com essa luz que irradia!!!!
Alguém já a tem e nem sequer percebe.....
Sim ela tem......na verdade eu penso que ela não terá uma boa companhia especialmente porque ela já é, sem o saber, uma boa companhia para ele, que não a perde de vista um só dia.
Se alguém se dá assim a outra pessoa, sem ser notado, provavelmente será uma boa companhia.
Penso mesmo que muito poeta se dá a alguém especial, disfarçadamente, tomando uma eleita por sua doce companhia mesmo que ela nem mesmo o saiba.
Pode ser que ele a acompanhe de longe, de bem longe, nos diversos sentidos em que o longe se aplique, e seu dia se ilumine completamente nos dias em que ela despercebidamente diz “olá”.
Nesse dia, que talvez seja hoje ou o amanhã ainda mais próximo, onde duas almas se encontrem e vivam juntos o que se diz em diversas canções e milhares de poemas que nascem de corações apaixonados, livres e cobertos de prazeres e tantos desejos.
Na verdade nenhum dos dois estão sozinhos, já existe um amor planejado dentro de cada um, que cresce a cada dia, mesmo que seja em solidão, na solidão de uma presente companhia.


Fiz esse texto com a participação de meu grande amigo Lello que me deixa comentários iluminados e cheios de vida e um deles me inspirou m escrever.
Meu obrigada especial a você Raro.

A todos que esse poema toque cada coração.
Com todo meu amor e companhia.
Cristiane Ribeiro Alves

4 comentários:

  1. Continue a parceria! Muito bom!
    Bj*

    ResponderExcluir
  2. A mulher é muito poetiza, fala sério :)!!!

    Gostei da parte que falaste que mesmo na solidão, existe um alguém, pq sabemos que mesmo à distância, alguém se importa e isso, já vale o mundo inteiro!

    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Oi, Cris, boa tarde!!
    Fiquei muito feliz quando vi essa postagem. Para mim, é uma honra que no blog de uma autora tão diferenciada, e tão concorrido, eu tenha participação num poema. Eu sou quem agradece, de todo coração, até porque (sempre repito) comentários são reflexos do que se escreveu e nos comentários de textos excelentes o mérito maior está justamente nos textos! No caso, a ferinha aqui é justamente você, Cris! Eu sou apenas quem reflete sua luz. Ficou um lindo texto! Só não vou comentar porque já é um poema gerado de um comentário... rsr Coisas da Cris, minha querida Rarinha!
    Um beijo carinhoso!
    Lello

    ResponderExcluir

....enquanto houver vc do outro lado Aqui do outro eu consigo me orientar...!Obrigada pelo comentário seja bem vindo a parte de mim....